Notícias

Polícia Civil prende suspeito de praticar furtos no comércio de Paraíso do Tocantins

No final da tarde desta sexta-feira, 22, uma ação de combate à criminalidade deflagrada por policiais civis da 1ª Delegacia de Paraíso do Tocantins com apoio de agentes do Plantão da Central de Flagrantes, resultou na prisão de Roberto Daniel de Melo, 44 anos de idade, o qual é suspeito pela prática de dois crimes de furtos qualificados, naquele município.

Polícia civil apreende carros roubados em Palmas e em Porto Nacional

Na manhã da última sexta-feira, 15, policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), sob a coordenação do delegado Rossílio Souza Correia, deflagraram uma ação de combate à máfia do carro clonado, em Palmas e Porto Nacional, a qual resultou na apreensão de um veículo Hilux CD4X4 SRV, Placa OJD-6386 MA, e um Chevrolet Onix 1.4 AT LTZ, placa GAM-3385.

Mais uma camionete furtada é recuperada pela Polícia Civil em Palmas

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA) recuperou, no distrito de Luzimangues, na manhã desta segunda-feira, 11, uma camionete Nissan Frontier, ano 2012, a qual havia sido furtada na madrugada da última sexta-feira, 8, no centro de Palmas.

DENARC desarticula quadrilha e apreende 20 kg de maconha em Palmas

Policiais civis da Delegacia Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc) desarticularam, no último sábado, 9, uma quadrilha responsável por abastecer o setor Santa Bárbara com drogas. A operação resultou na apreensão de 20 kg de maconha e na prisão de cinco pessoas, que se encontram recolhidas na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP).

Presos pela Polícia Civil durante a operação ‘Blackmau’ são condenados pela Justiça em Guaraí

A Vara Criminal de Guaraí julgou e condenou 17 pessoas acusadas de integrar uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas que agia, naquele município. Todos foram presos durante a operação “Blackmau”, deflagrada pela 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Guaraí, em dezembro de 2015. As penas variam de cinco a treze anos de reclusão, pela prática do crime de tráfico de drogas.